As histórias sobre os valores, missão e personalidade da marca estão cada dia mais em evidência. Devemos isso a internet que acelerou o processo de distribuição de conteúdo e hoje, se sua marca não tiver essas histórias, você não consegue engajamento no mundo digital.

Esse conteúdo é um pouco do que você vai aprender em nosso curso de Branding e Estratégia de Design ou no nosso curso de Storytelling e Transmídia. Além deste Canvas que vai super te ajudar a criar ou conectar sua marca com um arquétipo, o coordenador e professor Rodrigo Gianello conta um pouco de sua experiência em estruturar uma campanha publicitária utilizando apenas arquétipos.

O que é o Arquétipo?

O conceito surgiu em 1919 com o psiquiatra suíço Carl Gustav Jung. O Arquétipo é o princípio de uma ideia. De acordo com Jung, são conjuntos de "imagens primordiais" que “estão presentes em todo o tempo e em todo o lugar” passadas em muitas gerações, armazenadas no inconsciente coletivo.
É o inconsciente coletivo, compartilhados por todos nós, repleto de desejos comuns. Todos nós - independentemente do lugar em que nascemos e a cultura em que fomos criados - temos, por exemplo, o arquétipo do Herói no nosso inconsciente. Seja ele um guerreiro ou Clark Kent, temos muito bem definido na nossa mente o que é um herói, embora ele não tenha uma forma pré-estabelecida.
Os arquétipos satisfazem necessidades próprias do ser humano como Pertença/Grupo, Independência/Autorrealização, Estabilidade/Controle, Mestria/Risco.
Passados de geração em geração na forma de mitos, narrativas, livros, filmes e na própria publicidade, os arquétipos tornam-se importantes para identificar a identidade da marca.

Arquétipos e o Branding

Utilizando os arquétipos criados por Jung, as autoras Margaret Mark e Carol S. Pearson - no livro O herói e o Fora da Lei - exploraram novas possibilidades para o branding das marcas.
Com isso, é possível identificar ou até mesmo definir qual o arquétipo que melhor possa atingir o seu público. Esse tipo de observação vai bem além do senso comum: requer pesquisa, dados e um estudo profundo do público consumidor. E como o Marketing hoje não se prende somente vender, a construção do arquétipo ajuda a marca a construir sua personalidade.
Cada arquétipo está agrupado em uma das necessidades principais citadas acima.

Canvas Arquétipos

Faça o download aqui.